terça-feira, outubro 24, 2006

a potência do falso

chego atrasado, mas ainda sim à frente de ti. sou forma das tuas palavras, matéria última do teu discurso. tua abstração encarnada que não coube no teu próprio corpo.
cá estou, decodificado em html, a ser tua potência de vazamento. eu, que virtualmente quero te trazer muitos.